Carlos 12 de junho de 2019 às 11:44

Compartilhe:

relações públicas tendências

Com a evolução no comportamento do consumidor, as marcas estão, cada vez mais, atentas ao uso de estratégias – incluindo a de Relações Públicas – para se comunicar com os seus stakeholders.

Atualmente, diversas áreas como Marketing, Recursos Humanos e Gestão de Pessoas utilizam conceitos das Relações Públicas para construir e manter os relacionamentos internos, externos e mistos.

Contudo, nem sempre foi assim. Por isso, vamos aprender um pouco mais sobre a evolução das Relações Públicas e acompanhar algumas tendências no artigo de hoje. Venha conosco!

Evolução do Relações Públicas

Como aconteceu a evolução das Relações Públicas?

Apesar de já terem aparecido alguns indícios da profissão antes disso, foi no final do século XIX, nos Estados Unidos, que Ivy Lee começou a sua carreira como jornalista e assessor de imprensa — essa era uma época de grande concentração de riqueza pelos monopólios e exploração do povo.

A imprensa escandalizava esse tipo de situação e, com isso, a opinião pública começou a tomar força. Então, as empresas passaram a perceber a importância de serem transparentes e explicar ao público as suas atividades, resolvendo os conflitos.

Com a frase “o público deve ser informado”, Lee começou a trabalhar nas principais organizações, ajudando a resolver os tumultos e apaziguando os escândalos.

No Brasil, estudamos muito Ive Lee como pioneiro das Relações Públicas. Todavia, Edward Bernays é considerado o pai da profissão. Isso porque Lee voltava seus estudos mais para a assessoria de imprensa, em um âmbito mais jornalístico, enquanto Bernays trazia um cunho mais social e ético. Assim, estudava a motivação do público e as primeiras teorias organizacionais.

Depois disso, outros autores e pesquisadores surgiram, ampliando os estudos e trazendo reflexões significativas para o desenvolvimento da profissão no Brasil e no mundo.

Com o passar do tempo, as empresas perceberam a importância de contratar profissionais dessa área para construir e solidificar os relacionamentos com os seus públicos.

Atualmente, existem diversas vertentes em que o profissional pode trabalhar, desde a área da inteligência estratégica de uma organização até a comunicação interna e os eventos.

Conheça algumas tendências de PR que você precisa acompanhar

Aprendendo um pouco da história, podemos notar que a profissão de Relações Públicas trabalhava com a imprensa, empresa e públicos. Atualmente, isso não é muito diferente: ela alinha todas as expectativas dos stakeholders e também contribui com resultados financeiros significativos.

Contudo, é fundamental que os profissionais estejam sempre atentos às inovações mercadológicas para proporcionar insights importantes para a tomada de decisão assertiva.

Quer ver algumas tendências de PR que você deve acompanhar? Continue a leitura!

1. Relações Públicas digitais

Podemos concordar que o mundo está cada vez mais digital, certo? Por isso, mais do que nunca, as marcas precisam de profissionais que sejam capazes de criar relacionamentos duradouros com os seus clientes.

Seja por meio de uma interface amigável no site da empresa, de um cronograma de conteúdo para as redes sociais ou para o disparo de uma newsletter estratégica — as Relações Públicas estão lá, sempre presentes.

Por isso, é essencial que a sua organização tenha profissionais dessa área para atuar de maneira estratégica no universo online e offline.

2. Relações Públicas e Dados

Big Data, Business Intelligence, Dados e Relações Públicas. Esses termos serão cada vez mais fundidos. É fundamental acompanhar as evoluções de mercado para criar estratégias focadas na análise de dados (e não mais com base no “achismo” dos diretores).

A partir do momento que a sua empresa compreende a importância dos dados, fica muito mais fácil criar oportunidades de negócios que sejam mais concretas. Assim, evita que você perca tempo e dinheiro investindo em ações que não trarão retornos significativos.

3. Relações Públicas e experiência do cliente

Outro conceito que está sendo muito trabalhado é a experiência do cliente. É preciso encontrar maneiras de proporcionar experiências inovadoras, criativas e divertidas para o seu público.

O profissional de PR entra nesse cenário para avaliar o que os clientes pensam da organização (processos, atendimento, qualidade, produto, logística e tudo mais) e propor ações de melhoria contínua, com foco em resolver as dores dos seus consumidores e prospects.

As Relações Públicas evoluíram muito no Brasil e no mundo e isso não vai parar por aí. A cada dia que passa surgem novos conceitos, novos desafios e oportunidades que precisam ser exploradas.

Para isso, o profissional de PR precisa estar sempre atento às tendências para propor o melhor plano de ação para a sua empresa.

E aí? O que achou do nosso post? Você gostou? Então aproveite para compartilhá-lo nas suas mídias sociais! Assim, os seus amigos também têm acesso ao conteúdo!