CDN Comunicação 24.03.2017

Compartilhe:

Museu do Amanhã_CDN Comunicação

O Museu do Amanhã venceu, este mês, o prêmio internacional MIPIM (The World’s Leading Property Market) na categoria “Construção Verde Mais Inovadora”. Essa foi a primeira vez que uma instituição brasileira conquistou o troféu que homenageia os mais notáveis projetos já construídos ou em fase de construção em todo o mundo.

Os vencedores da edição 2017 foram anunciados em cerimônia em Cannes, na França. Marco da revitalização da Região Portuária do Rio de Janeiro, o Amanhã tem, entre seus diferenciais, a tecnologia empregada na captação da energia solar e o uso das águas geladas do fundo da Baía de Guanabara no sistema de ar-condicionado.

Com mais de dez reconhecimentos internacionais, o Museu do Amanhã vem conquistando notoriedade global. Em 2016, o “Oscar dos Museus”, prêmio britânico Leading Culture Destinations Awards, elegeu a instituição carioca como o “Melhor Novo Museu do Ano”. O Amanhã também subiu ao pódio com uma medalha de ouro e duas de bronze no International Design & Communication Awards (IDCA), no Canadá.